Actividades Desportivas, Lda
formats

Treino no Parque em 1 minuto

Nº 35

Treino no Parque | Dicas

Dica TnP_Marco2016

 

Nº 34

Treino no Parque | Dicas

Sabia que…?!

O Treino Funcional é direcionado para a melhoria das capacidades de força, resistência, coordenação e postura, dependendo dos objetivos da aula. Estas aulas ocorrem nos sistemas de circuito, mini circuitos ou através de métodos intervalados.

TERÇAS E QUINTAS às 18h30 E SÁBADOS E DOMINGOS às 11h. NÃO PERCAM!

 

 

Nº 33

DICA TREINO NO PARQUE PARA SER FELIZ!!

 

Dica 33_nov2015

 

 

Nº 32

Correr com ou sem amortecimento?

running

Se a ideia é prevenir lesões, a resposta é depende. “As pesquisas indicam que mais amortecimento não necessariamente previne lesões. Por outro lado, pelo menos um estudo descobriu que metade dos corredores

descalços ou que usam tênis minimalista (com pouco ou nenhum amortecimento) apresentou, após algumas semanas correndo com menos proteção, sinais de desgaste nos ossos do pé”, diz Renato Dutra, diretor técnico da Run&Fun Assessoria Esportiva, de São Paulo. Mas, para quem está começando no esporte ou está acima do peso, a recomendação é investir em um modelo mais tradicional. “Prefira um tênis convencional”, aconselha o especialista. Os calçados com drop (entressola) mais baixinho são indicados para corredores leves, bem treinados e sem histórico de lesão. “E, ainda assim, em um treino semanal de 20 a 25 minutos, depois de uma adaptação de algumas semanas

 Reportagem Revista Boa Forma

 

Nº 31

Férias: Treino x Descanso

TnP_FACE

Férias: Treino x Descanso

O que devemos fazer? Parar totalmente com o exercício físico? A resposta é não. Férias, descanso e recuperação de energias, sim, mas não pare com tudo, até porque nesta altura, normalmente aumentamos o aporte calórico e, a prática do exercício, muitas vezes vai minimizar este fator. Então mantenha algum nível de atividade, podendo também fazer algo bem diferente, como por exemplo caminhadas, desportos ao ar livre, natação… E assim, o retorno ao seu condicionamento físico será mais rápido, procurando também não abusar na alimentação. Por isto, curta as férias, descanse, e pratique algum exercício.

BOAS FÉRIAS!!!

 

 

 

 

 

 

 

Nº 30

foto_dica25 (3)

 

Nº 29

Passar fome não funciona

Muitas pessoas fazem uma dieta drástica e não têm resultados, sabes porquê?

fotodica29

Cada vez que uma pessoa inicia uma dieta baixa em calorias, a “memória genética” entra em acção e a situação é interpretada pelo organismo como “período de fome”. Entram em jogo mecanismos de “proteção”, o organismo responde a estas situações com acções de defesa, começa a poupar energia e fá-lo de duas formas:

- Desce o metabolismo: cada vez precisa de menos energia para sobreviver e realizar as funções vitais.

- Maior eficiência em conseguir reservas de energia e protege-las, ou seja acumula gordura e além disso evita que esse tecido adiposo se reserva seja utilizado.

Como consequência deste mecanismo de defesa o corpo começará a acumular gordura e por muito exercício que façamos irá resistir a consumir gorduras para obter energia. Quanto menor a quantidade de calorias ingeridas, maior a resposta dos mecanismos de proteção. Esta resposta metabólica explica por que as pessoas com dietas baixas em calorias chegam a um ponto em que não podem perder mais peso ou inclusivamente engordam apesar de comerem pouca quantidade.

Fonte: Revista Sports Life

 

Nº 28

Dica Treino no Parque

 

Nº 27

Sabe o que é o VO2 Máx.?

Foto_Dica 27

Em termos simples o VO2Máx é a quantidade máxima de oxigénio contida no sangue que o nosso coração bombeia para os nossos músculos, e que estes usam para produzir energia. A combinação da nossa genética e do treino determina o nosso nível de VO2Máx e portanto a nossa capacidade aeróbica.

  • O 1º fator que influencia o VOMáx é a pulsação máxima. É genética e não aumenta com o treino;
  • O 2ª fator é a quantidade de sangue bombeada pelo coração em cada batida. Pode ser melhorado com o treino;
  • O 3ª fator é a proporção de oxigénio que é extraído do sangue. Pode também ser melhorado com o treino.

Fique por dentro…

 

 

Nº 26

Sabia que…

TnP| 1 Minuto

 

Treino no Parque sempre cuidando de você!

 

 

Nº 25

Sabia que…

Dica 24

Treino no Parque sempre cuidando de você!

 

 

Nº 24

Sabia que…

Foto_DicaO corpo humano é pré-concebido para fazer uma série de actividades com o consumo moderado de calorias. Então, muitas vezes não nos damos conta que para queimar 100 calorias, é obrigado a gastar 79 minutos sentados, 19 de pé ou 5 consecutivo. Imagine a quantidade de atividade necessária para queima um hambúrguer gorduroso!!!

 

 

 

 

 

Nº 23

Sabia que…

Dica

Correr ou não Agasalhado?! 

Ainda sou do tempo em que quando se queria perder peso se viam as pessoas a correr vestidas com 4 camisolas e 3 casacos, ou enroladas em plásticos ou neoprenes. Será que esta é a solução ideal? Não!

A utilização de roupas pouco transpiráveis para a prática de exercício físico efetivamente levam à perda de peso, mas derivada à desidratação que ocorre. Quando nos voltarmos a hidratar o organismo voltará a recuperar o peso eliminado anteriormente pelo suor. Não raras vezes a utilização de agasalho em excesso vem associado a fadiga precoce, caibras ou a uma recuperação mais lenta. Tal deve-se ao fato de, ao eliminar grande quantidade de suor, perdemos grande quantidade de sais minerais necessários para a contração muscular com todas as consequências nefastas associadas.

Resultado final: corremos o risco de não conseguir manter intensidade de treino desejada e alcançar o gasto calórico pretendido.

Conclusão: correr agasalhado em excesso pode não ser a solução ideal.

Fonte: Revista Sports Life

 

Nº 22

Sabia que…

fotoDica

Dores musculares pós-treino devem-se ao ácido láctico – Sim ou Não?

Depois de um treino intenso, ou mesmo de um treino de intensidade moderada mas com exercícios/estímulos diferentes é comum no(s) dia(s) seguintes sentirmos dores musculares. Estas dores musculares tardias induzidas pelo exercício são apelidadas de DOMS (delayed onset muscle soreness) e manifestam-se 24 a 48 horas após o exercício.

Ao contrário do que se possa pensar estas dores não se devem à acumulação de ácido láctico no organismo. Passado 1 hora e 30 minutos quase todo o ácido láctico é removido do organismo, quer seja através da sua conversão em glicose ou excretado na urina e suor, entre outros mecanismos. (Menzies, 2010)

Assim, estas dores musculares que surgem e se mantêm bem após estas duas horas devem-se às pequenas roturas musculares causadas nos músculos exercitados. Estas roturas musculares vão desencadear um processo inflamatório, com libertação de bradiquinas e prostangladinas que vão estimular os recetores da dor.

Assim se percebe que as dores musculares pós-esforço não dependem do ácido láctico.

Menzies, P., Menzies, C., McIntyre, L., Paterson, P., Wilson, J., & Kemi, O. J. (2010). Blood lactate clearance during active recovery after an intense running bout depends on the intensity of the active recovery. Journal of Sports Sciences, 28(9), 975–82. doi:10.1080/02640414.2010.481721

 

Nº 21

Dica1Sabia que…

O fumo é responsável por 30% das mortes por cancro; 90% das mortes por cancro no pulmão; 97% do cancro da laringe; 25% das mortes por doença do coração; 85% das mortes por bronquite; 50% dos casos de cancro de pele.

Cerca de 2/3 dos indivíduos que procuraram ajuda formal pararam em poucos dias; mas destes, apenas 20-40% continuaram um ano depois;

11,2 milhões de mulheres fumam;

16,7 milhões de homens fumam;

90% dos fumadores ficam dependentes da nicotina;

2,4 milhões de fumadores têm em média 15-19 anos

Uma pessoa que fuma um maço de cigarros por dia tem um risco 20 vezes maior risco de cancro do pulmão do que um não fumador.

Dica3Dica2

O que acha que tem de semelhante com estas pessoas, tirando o cigarro?

Resposta: o seu pulmão é igual ao deles! Não faça parte desta estatística negativa, diga não ao tabaco!!! Venha treinar o connosco!

Nº 20

Foto_Dica 20

Sabia que…

Depende de você!

Aqueles que vivem em áreas com poucos dias de sol, devem tomar um suplemento de vitamina D durante o inverno. O corpo produz vitamina D, um nutriente que combate o cancro, através da luz solar. A pesquisa indica que a vitamina D reduz o risco de cancro do cólon, da mama, da próstata e do ovário. Para manter o nível adequado, deve-se comer cereais e produtos lácteos, além de um suplemento. A dose recomendada é de 400 UI por dia. Incentivar a absorção da vitamina com o cálcio de origem alimentar ou um suplemento.

18.04.2014

 

Nº 19

Defesa urbanaSabia que…

“Os predadores atacam aqueles que vêem como os membros mais fracos da sociedade?”

Defesa Urbana - Treino no Parque

04.04.2014

.

.

.

Nº 18

EmagrecerSabia que…

Para emagrecer, deve investir em actividade aeróbica e musculação!

Exercícios cardiovasculares são perfeitos para derreter a gordura, que é o principal objectivo de quem quer emagrecer. Mas adicionar um treino de força à rotina ajuda no ganho de massa muscular, que por sua vez aumenta a taxa do metabolismo e leva a maior gasto calórico, auxiliando na perda de peso. Mas é preciso também focar na alimentação!

 21.03.2014

 …

.

.

Nº17

TreinoSabia que…

Está comprovado que, com adequada intensidade e escolha acertada do treino de força, conseguimos ser eficazes num treino com duração de 1 hora ou 1 hora e 15 minutos. Se for mais longo os níveis de cortisol (hormona catabólica) aumentam em demasia, levando a uma quebra da função anabólica (sintetizadora e construtora de novas moléculas) e a um declínio do sistema imunitário. De igual forma, ao prescreverem-se treinos demasiado longos aumentamos a taxa de desistência nos ginásios e maior a probabilidade de não existir motivação. Por isso, treina com qualidade e não necessariamente em quantidade!

Fonte: Poliquin, C. (2011). Ask Coach Poliquin. The best Q&A columns from over two decades. Poliquin Performance Center.

07.03.2014

Nº16

Foto_Dica 16Sabia que…

A partir dos 30 vamos perdendo rendimento e capacidades físicas e é mais difícil manter os níveis de melhoria física. Vamos contrariar a tendência fazendo exercício físico!

Os 30, o ponto de inflexão
Objetivo: manter o máximo estado de forma
Chegam os 40, adapta-te às mudanças
Objetivo: travar o processo involutivo
A partir dos 50, a lutar contra a gravidade
Objetivo: vencer a gravidade

Fonte: Sports Life

21.02.2014

Nº15

Sabia que…

foto dica 15De entre os vários tipos de sementes mais consumidos nos dias de hoje, em lugar de destaque encontram-se a aveia, a linhaça e a abóbora. Beneficie das propriedades destas sementes (ricas em minerais, vitaminas, fibras alimentares, omega 3 e 6 e antioxidantes dos quais os fitosterois) aliadas a uma alimentação saudável e à prática de exercício físico para obter os resultados que procura. Como consumir? Como alternar? Quais as quantidades? Modo de preparo? Com que alimentos posso misturar? Opções de menus? Resposta: informe-se com um Nutricionista! Comece hoje um estilo de vida saudável !!!!!

07.02.2014

 

.

.

Nº 14

Foto_Dica 14Sabia que…
O treino da Mobilidade e Flexibilidade ajuda a:

  • Corrigir desequilíbrios musculares
  • Aumentar a amplitude de movimento da articulação
  • Diminuir a tensão excessiva dos músculos e articulações
  • Melhorar a extensibilidade das ligações músculo-tendinosas
  • Manter o comprimento funcional de todos os músculos
  • Melhorar a eficiência neuromuscular
  • Melhorar a sua função e reduzir as possibilidades de quedas.

 

Relaxe e liberte-se nas aulas de Alongamentos com a Prof. Alexandra no Treino no Parque.

 

24.01.14

 

.

.

Nº 13

Sabia que…

Foto_dica 13

Fumar prejudica todo o corpo, pois aumenta o risco de sofrer muitas doenças, tantas que não poderemos citar todas. O cancro de pulmão é a mais clara, mas aqui ficam outras que o poderão surpreender:

1- Doença de Crohn
2- Depressão
3- Diabetes do tipo 2
4- Perda auditiva
5- Psoríase

O tabaco é o único produto legal que o pode matar. De que está à espera para deixar de fumar?

Se treina duro no ginásio para ter um corpo saudável, para quê morrer prematuramente por uma doença que pode evitar?

Necessita de mais razões para deixar o tabaco?

Bons treinos!

10.01.14

 

Nº 12

Males de inverno9 dicas para prevenir os males de inverno

1) Evita a exposição a correntes de ar e a alterações bruscas de temperatura.

2) Protege-te do frio com roupa e agasalhos adequados.

3) Mantém o ambiente bem ventilado, livre de poeiras e humidades.

4) Evita o fumo de tabaco e ambientes poluídos.

5) Protege a boca ao tossir ou espirrar, e lava as mãos de seguida.

6) Na ocorrência de alguns sintomas contínuos, evita a automedicação e marca uma consulta médica.

7) Mantém-te hidratado. Bebe água ao longo do dia, mesmo sem ter sede.

8) Pratica exercício físico. Sabe-se que a sua prática regular reforça a imunidade e diminui a suscetibilidade a infeções e doenças.

9) Dorme cerca de 7 a 8 horas diárias. É uma prática essencial para que as defesas orgânicas funcionem corretamente.

Fonte: revista Sports Life

27.12.2013

 

Nº 11

alívio da dor lombar

Sabia que o treino de força proporciona 10 vezes o alívio da dor lombar crónica, em comparação com o treino cardiovascular para reforçar a zona dorsal/ lombar central.
(Fonte:musclemag.es.com)

 

06.12.2013

 

 

 

Nº 10

Sabia que a prensa é fundamental para quem quer ter umas pernas fortes e belíssimas?

Posição A – Com os pés na parte inferior da plataforma, trabalhará mais o quadríceps.

Pés em baixo na plataforma

Posição B – Caso coloque os pés na parte superior da plataforma, enfatizará mais os glúteos e os músculos posteriores da coxa.

Pés em cima na plataforma
Posição C – Se colocar os pés bem abertos, igual à largura dos ombros, trabalhará toda a região da coxa. Se afastar mais ainda os pés enfatizará mais os quadríceps internos (vasto medial), os músculos adutores e sartório.

Foto_Dica 10.3
Posição D – Caso junte os pés na plataforma, trabalhará os quadríceps externos (vasto lateral) e os abdutores (tensor da fáscia lata).

Pés juntos na plataforma

22.11.2013

 

Nº 9

fadiga apos treino

Sabe por que a musculatura costuma ficar dorida depois da sua primeira aula ou depois de aumentar as cargas?

As dores musculares que sente após um treino derivam, normalmente, da realização de um esforço de caráter ou intensidade diferente em relação àquilo a que os músculos estão preparados. Essas dores correspondem a pequenas ruturas das fibras musculares. Normalmente, as dores musculares são o resultado de um bom treino, isso porque a dor resulta da recuperação das fibras musculares para um estado ainda melhor que o inicial, e é por meio desse mecanismo que o corpo evolui. Contudo, se o músculo não tiver tempo suficiente para se recuperar, acabará por não se reparar completamente e poderá mesmo passar das microruturas para a lesão muscular.
Pequenas dores são normais, mas se sentir dores fortes e agudas, interrompa o treino durante alguns dias. Isso não significa que tenha de parar completamente, pode no entanto exercitar outras áreas do corpo. Mude de atividade e não se esqueça de alongar no final da sessão.

Inflamação: A atividade física promove um forte atrito entre as fibras musculares. Em reposta à agressão, o corpo produz substâncias vasodilatadoras que estimulam as terminações nervosas e resultam em dor.
Microruturas: Submetidos ao esforço, os músculos sofrem estiramento. Isso leva ao rompimento das proteínas que formam as fibras musculares. Surgem, então, lesões microscópicas que também provocam a sensação dolorosa.
Para regenerar as fibras, os aminoácidos recompõem as proteínas actina e miosina que se partiram. Reforçados, os músculos tornam-se mais resistentes e crescem.
Fadiga: Durante os exercícios físicos, as fibras consomem energia e abastecem-se de gordura e carboidratos. Para quebrar estas moléculas, o corpo produz o ácido láctico.
Em excesso esta substância acusada de provocar dor, na verdade estimula os recetores que produzem a sensação de fadiga.

15.11.2013

Nº 8

FeijõesAlimentos que “dão barriga”
Feijão
Uma barriguinha saliente pode ter diversas causas: herança genética, alteração hormonal, retenção de líquido, excesso de peso, má postura. Mas certos alimentos também levam a uma incómoda distensão abdominal.
Feijão: alguns carboidratos (oligossacarídeos) presentes no feijão escapam da digestão e são metabolizados pelas bactérias presentes na parte baixa do trato digestório, podendo causar gases e flatulência.
“Muitas vezes, são apenas observados os fatores negativos da flatulência, no entanto esses ácidos produzidos na fermentação estimulam os movimentos peristálticos do intestino e, assim, evitam a obstipação”, esclarece Paula Gandin, de São Paulo, membro da direção do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional.
Sugestão saudável: eliminar o alimento da dieta não é uma boa opção, devido ao grande valor nutricional. Deixar de molho e trocar de tempos em tempos a água dos grãos, antes de cozinhar, ajudam a reduzir o problema da formação de gases.

Fonte: www.treinosacademia.com.br

01.11.2013

Nº 7

alho

Alho

Dentre as suas funções, destacam-se a capacidade de reduzir a pressão arterial, baixar o colesterol, contribuir com a glicemia sanguínea, atividade antiviral, antibactericida e antifúngica, o que torna o alimento um excelente recurso para fortalecer o sistema imunológico. O alho ainda reduz o risco de câncer, já que as células imunológicas matam as que sofreram mutações.
O alho também tem em sua composição algumas vitaminas: A, B1, B2, C e minerais como cálcio, enxofre, iodo, magnésio, selênio, sódio e zinco.
A maior parte dos estudos mostrando benefícios (principalmente para a saúde cardiovascular) utilizou doses de 600-900mg/dia, fornecendo aproximadamente 3.6-5.4mg de alicina (princípio ativo do alho). Isso corresponde a 1 dente de alho grande cru ou 2 dentes pequenos por dia.
O princípio ativo presente no alho que é responsável pela ação biológica na defesa do organismo chama-se alicina. O alho fresco fornece a aliina, um aminoácido sulfurado que se transforma em alicina, após a ação da aliinase (enzima). A melhor forma de consumir o alho para aproveitar suas propriedades é triturar, amassar ou picar o alho e deixar 10 minutos em repouso antes do preparo. Esse é o tempo para permitir a ação da aliinase, processo que converte a aliina em alicina. O alho cozido não possui os mesmos efeitos do alho in natura. O aquecimento (processamento térmico) resulta na redução da ação da aliinase. Assim, como os princípios ativos do alho são muito sensíveis ao calor, recomenda-se o consumo do alho na sua forma crua.

Fonte: Revista Veja

25.10.2013

 

Nº 6

Carne vermelha magra e saladaDieta e Carne Vermelha
Algumas carnes podem conter muita gordura, mas também há uma grande quantidade de carnes vermelhas magras, opções que contêm proteínas, ferro, zinco, magnésio, potássio e vitaminas benéficas. De qualquer maneira, o consumo de carne vermelha deve ser moderado e acompanhado de alimentação saudável e prática regular de atividade física, pois o excesso diário em corte e preparo errados, e os tipos processados – como a salsicha – devem ser evitados, pois o aumento de doenças cardiovasculares e de cancro no aparelho digestivo pode estar ligado à ingestão exagerada de carne e gordura.
Fonte: hypescience.com

18.10.2013

 

Nº 5

açai

Açaí, potente oxidante

Em estudos publicados em revistas científicas internacionais no último ano, ele saiu consagrado como um poderoso antioxidante, capaz de ajudar a mexer nas taxas de colesterol, além de ser fonte de proteínas, vitamina E, ferro, cálcio, fósforo e potássio.
O segredo da pequena fruta se chama antocianina, pigmento antioxidante que dá a cor vermelha arroxeada aos alimentos. Apesar de estar presente também em cerejas, morango, ameixa, uva vermelha etc., no açaí a quantidade é bem maior. Para se ter uma ideia, um litro de açaí tem 33 vezes mais antocianina do que a mesma quantidade de vinho tinto, como compara a nutricionista Gabriela Maia.
— Uma dessas pesquisas, da publicação americana Journal of Agricultural and Food Chemistry, mostra que o organismo consegue aproveitar melhor as moléculas antioxidantes do açaí — explica Gabriela.
Além disso, ele é formado por mais de 50% de gordura monoinsaturada, a “gordura do bem” para o coração e a manutenção dos níveis de colesterol. Para completar, pode dar uma força na dieta, já que é rico em fibras e ajuda no funcionamento do intestino.
Fonte: Jornal O GLOBO

11.10.2013

Nº 4

Retenção de líquidos no organismoComo diminuir a retenção de líquidos pelo organismo?

O problema pode ter várias causas, segundo a endocrinologista Marise Lazaretti Castro, da Unifesp. É comum mulheres terem inchaço antes da menstruação. Nesse caso, a retenção tem origem hormonal e, para melhorar o sintoma, deve-se reduzir a ingestão de sal –o hormônio progesterona leva à retenção de sódio, que, em excesso, gera acúmulo de água.

Outra situação em que o inchaço é comum é no calor, quando há uma dilatação dos vasos sanguíneos e o extravasamento de líquidos. Para combater o problema, deve-se evitar ficar sentado por muito tempo (o recomendado é levantar a cada uma hora).
Segundo Marise, há ainda casos graves, como insuficiência cardíaca, quando a retenção é mais aparente e é preciso acompanhamento médico.
Fonte: Folha de São Paulo

4.10.2013

 

Nº 3

 

Água e Emagrecimento

Água e Emagrecimento

Segundo um estudo publicado na revista American Journal of Clinical Nutrition feito a partir da análise de cerca de 5.000 referências de diferentes bancos de dados de artigos científicos, foi confirmada a tradição popular que diz que beber água emagrece. As pessoas estudadas que aumentaram em um litro o seu consumo de água, emagreceram entre um e dois quilogramas a mais que o grupo de controlo, que não alterou a quantidade de líquido que bebia.

O efeito de emagrecimento da água em combinação com uma dieta pode acontecer, segundo os cientistas, à simples sensação física de saciedade com a ingestão do líquido e à aceleração do metabolismo.

27.09.2013

 

Nº 2

Alimentos PicantesPicantes

A capsaicina, o composto que torna as malaguetas picantes, combate ativamente o cancro do pâncreas, levando as células cancerosas a autodestruírem-se, segundo um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de Pittsburgh. Num estudo separado do Centro Oncológico M D. Anderson, da Universidade do Texas, descobriu-se que a curcumina, que se encontra no açafrão-das-índias e em muitos pós de caril, bloqueava uma via de passagem biológica necessária ao desenvolvimento dos melanomas e outros cancros. Já se sabia que a curcumina tinha propriedades anti-oxidantes e anti-inflamatórias. Pode ser também por isso, que a Índia regista dez vezes menos casos de cancros do cólon, mama, próstata e pulmões do que em qualquer outro país do Mundo.

20.09.2013

 

Nº 1

porque pinga o narizPor que é que quando estamos expostos ao tempo frio, o nariz começa a escorrer? 


Resposta: O nariz tem a função de aquecer, limpar e humidificar o ar que você respira. Quando você sai de casa no inverno, o seu nariz tem de trabalhar muito mais para aquecer o ar. Os vasos sanguíneos abaixo das glândulas secretoras de muco, dilatam, e o que ocorre é que aumenta a quantidade de muco produzido. Esse muco drena tanto para a sua garganta, quanto para fora, fazendo o nariz escorrer.

06.09.201
3